quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Fibras alimentares

As fibras encontram-se em alimentos vegetais, e incluem alguns compostos que não são digeridos pelas nossas enzimas, não sendo absorvidos.
As fibras representam um nutriente de extrema importância, desempenhando um papel importante na prevenção de algumas doenças, como cancros, e na manutenção da saúde,na regulação dos níveis de colesterol do sangue.
As fibras alimentares dividem-se em dois grupos: fibras solúveis e fibras insolúveis.

Fibras solúveis:


- presentes nos frutos, nas hortícolas, nas leguminosas e nos alimentos 
contendo aveia, cevada ou centeio;
- incluem as pectinas, as gomas, as mucilagens e algumas hemiceluloses, que formam um gel quando misturadas com água;
- influenciam o tempo de digestão no estômago e no intestino delgado (aumentam o tempo de absorção dos nutrientes no intestino delgado);
- ajudam a diminuir a quantidade de colesterol absorvido, contribuindo para a diminuição dos níveis de colesterol sanguíneo;
- são fermentadas pelas bactérias da flora intestinal e permitem a proliferação de bactérias 
benéficas
- ajudam a manter adequados os níveis de minerais.

Fibras insolúveis:


- encontram-se principalmente nos produtos hortícolas, cereais nos inteiros e seus derivados 
integrais (ex.: cereais de pequeno almoço integrais);
- incluem a celulose, a maioria das hemiceluloses e linhina, que conferem rigidez às plantas e captam pouca água, formando misturas de baixa viscosidade;
- contribuem para o aumento do volume e fluidez das fezes, e da motilidade intestinal (actuam como laxantes naturais);


Ingestão diária de fibra recomendada:

Lactentes: Não se recomenda uma ingestão de grandes quantidades ;
Crianças a partir dos 2 anos: Idade + 2 g/dia ;
Adultos: 20-35 g/dia.