terça-feira, 20 de agosto de 2013

Beterraba


Muitos odeiam, uns adoram, e a outros passa-lhes ao lado.
Existem duas variedades, a vermelha, mais comum na mesa, e a branca, muito utilizada na produção de açúcar.
São bastante ricas em fitonutrientes (principalmente a betaína), ácido fólico, manganésio, potássio, vitamina C, magnésio, ferro, fósforo e cobre, possuem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórios e desintoxica o organismo, são também uma importante fonte de fibra.
A combinação do papel antioxidante com  o anti-inflamatório tem um papel muito importante na prevenção de cancros.
As fibras são importantes na eliminação natural da gordura ingerida, prevenção do cancro do cólon, promovem a saciedade e têm um papel importante no controlo da glicemia.
Podem ser ingeridas em saladas, sumos, pratos frios, bolos.
É muito utilizada para prevenir/tratar anemias, isto deve-se à combinação do ferro com a vitamina C.
Atenção: Quando ingerida em excesso, a urina pode ficar com uma cor avermelhada.

Sumo anti-anemia:

Num liquidificador coloque 1 beterraba previamente cozida, sumo de 1/2 limão, e 1/2 maçã verde. Aconselho a beber entre refeição para uma melhor absorção dos nutrientes.