quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

O que é a gordura, será que tenho a mais?

O que é?

É um tecido do corpo humano, tecido adiposo, é composto pelas suas unidades estruturais, as células adipócitas, que no seu interior armazenam gordura. Este tecido tem como principal função ser reserva energética do organismo, pois quando necessário, metaboliza a gordura armazenada para produzir energia, tem também como função ser isolante térmico. 

Que consequências negativas podem advir do excesso de gordura?

  • Aparelho cardiovascular - hipertensão arterial, arteriosclerose, insuficiência cardíaca congestiva e  angina de peito;
  • Complicações metabólicas - hiperlipidémia, alterações de tolerância à glicose, diabetes tipo 2, gota;
  • Sistema pulmonar - dispneia (dificuldade em respirar) e fadiga, síndroma de insuficiência respiratória do obeso, apneia de sono (ressonar) e embolismo pulmonar;
  • Aparelho gastrintestinal - esteatose hepática, litíase vesicular (formação de areias ou pequenos cálculos na vesícula) e carcinoma do cólon;
  • Aparelho genito-urinário e reprodutor - infertilidade e amenorreia (ausência anormal da menstruação), incontinência urinária de esforço, hiperplasia e carcinoma do endométrio, carcinoma da mama, carcinoma da próstata, hipogonadismo hipotalâmico e hirsutismo;
  • Outras alterações - osteartroses, insuficiência venosa crónica, risco anestésico, hérnias e propensão a quedas.

Porque é que se tem gordura em excesso?

Quando se ingere mais energia do que se precisa (hidratos de carbono, gorduras, álcool,...) ,aliada a uma vida sedentária, o nosso organismo vai armazenar esta energia em excesso sob a forma de gordura.


Uma análise de composição corporal permite saber qual é a percentagem de massa gorda que possui. Em conjunto com o seu Nutricionista, pode estabelecer um plano para que possa perder a massa gorda em excesso.