quinta-feira, 22 de maio de 2014

Magnésio, um mineral muito importante no nosso organismo.


Importância e funções


Faz parte da composição estrutural dos ossos, músculos, tecidos moles e alguns fluidos corporais.

É co-enzima para muitas reacções do nosso metabolismo, o que singnifica que se não estiver presente, as reacções não ocorrem ou a velocidade destas torna-se mais lenta. 

Desempenha um papel importante na manutenção das cargas elétricas das células, especialmente nos nervos e músculos, assim como na contração muscular e relaxamento. 

Além disso, este mineral está envolvido em funções celulares tais como a produção de energia, a replicação celular, síntese de lípidos e formação de proteínas. 

O magnésio tem um papel crítico na saúde do coração, contribui para a produção de energia e a contracção deste músculo. 

Ao aumentar a solubilidade do cálcio na urina, o magnésio ajuda a evitar a formação de pedras nos rins, pelo que,  a suplementação do mesmo mineral foi usada para prevenir a formação de pedras nos rins por este motivo.

Sinais/sintomas de carência de Magnésio


• distúrbios cardíacos 
• problemas com a condução nervosa e contracção muscular 
• cãibras musculares e espasmos 
• má coordenação 
• fraqueza 
• fadiga crónica 
• dores de cabeça 
• perda de apetite 
• insónia 
• vontade de comer doces 
• confusão mental 
• irritabilidade 
• alterações de personalidade 
• ser facilmente stressado


Fonte: Reuben Chow, Natural News


Fontes alimentares (30mg/100g de alimento)

DDR, dose diária recomendada, varia com o género, os homens adultos 420mg/dia, mulheres adultas 320mg/dia.


  • Frutas e hortaliças: abacate, banana, folha de beterraba, beterraba, grão-de-bico, figo seco, feijão ervilha, mandioca (raiz), lentilhas, quiabo, batata com casca, fécula de batata, figo (seco), uva passa, algas marinhas, soja, espinafres, couve.
  • Grãos e derivados: (mais de 80% do Mg é perdido com a remoção do gérmen e das camadas externas dos grãos). Cevada, granola, aveia (grãos inteiros), farelo aveia, arroz integral, farelo de milho, farelo de arroz, farinha de centeio, farelo de trigo, gérmen de trigo, farinha de trigo integral, massas preparadas com trigo integral, cereais instantâneos ricos em fibras (ex. All Bran).
  • Nozes e sementes: nozes e sementes secas fornecem mais Mg do que as torradas. Sementes de abóbora, girassol, gergelim. Amêndoas, castanhas, amendoim, pistáchios, soja, nozes.
  • Outros alimentos: melaço, manteiga de amendoim, produtos de soja (molho, farinha, tofu) camarão, ostra, fermento, leite em pó.


Fonte: Pronsky,Z.M. Food Medications Interactions,2002.